Objetivos

O Ciclo de Estudos está delineado para a formação especializada em Intervenção Comunitária, a partir das áreas das Ciências da Saúde, Ciências Sociais e Ciências da Educação

A instituição formadora pretende concretizar os seguintes objetivos com o Ciclo de Estudos:

  • Contribuir para a análise crítica e sistémica das problemáticas das comunidades, em contexto nacional e internacional;

  • Promover nos profissionais das áreas da saúde, social e educação, competências que concorram para a criação de equipas multidisciplinares e transdisciplinares aquando da intervenção nas comunidades;

  • Criar oportunidades de investigação em Intervenção Comunitária, concretamente através da produção científica a ser conseguida entre o Ciclo de Estudos, a RECI (Research in Education and Community Intervention) e a APDES (Agência Piaget para o Desenvolvimento);

  • Contribuir para a incubação e implantação de projetos de diagnóstico e intervenção na comunidade, em rede com as instituições afins;

  • Cooperar na criação de uma cultura centrada no desenvolvimento e bem-estar das comunidades, em função dos contextos, assim como das oportunidades locais.

Disponível em

Viseu

scientist-512

PROFESSOR NAME

Coordenador
Mestrado em Saúde e Intervenção Comunitária

1º Ano

UC – 1º Semestre
CH
 ECTS
 
UC – 2º Semestre
CH
 ECTS
Avaliação Comunitária e Epidemiologia
20 T | 16 TP | 4 OT
 7
Intervenção e Prevenção da Violência
20 T | 16 TP | 4 OT
 7
Ética e Deontologia na Intervenção Comunitária
10 T | 10 TP | 10 OT
 4
Intervenção em situações de Risco
10 T | 16 TP | 4 OT
 5
Políticas de Ação Social e Intervenção Comunitária
20 T | 16 TP | 4 OT
 7
Intervenção sócio-educativa: Cultura e Ciclo de Vida
20 T | 16 TP | 4 OT
 7
Sociologia Comunitária e Intervenção Psicossocial
10 T | 16 TP | 4 OT
 5
 Metodologias de Investigação
10 T | 20 TP
 4
Saúde, Comunidade e Desenvolvimento
20 T | 16 TP | 4 OT
 7
Projetos de Intervenção e Empowerment Comunitário
20 T | 16 TP | 4 OT
 7

2º Ano

UC – Anual
CH
 ECTS
 Dissertação (1)
 50 OT
 50
 Seminários de Intervenção Comunitária em Saúde
 60 SE
 10
 Trabalho de projecto (1)
 50 OT
 50

(1) – Opção – optar por uma unidade.

Legenda: T- Teórica, TP – Teórica/Práticas, OT- Orientação Tutorial, SE- Seminário/Estágio, UC – Unidade Curricular, CH Carga Horária, ECTS – Créditos ECTS

Obtenção de Diploma

Para a conclusão do 2.º ciclo de estudos em Saúde e Intervenção Comunitária, o estudante cumpriu um plano curricular constituído por 120 créditos ECTS obrigatórios:

  • 70 créditos ECTS no curso de especialização;
  • 50 créditos ECTS na unidade curricular de Dissertação ou Trabalho de Projeto.

O mestre em Saúde e Intervenção Comunitária deverá evidenciar competências para:

  • Refletir criticamente sobre os referenciais teóricos associados às áreas da saúde, social e educação, que garantam uma atualizada preparação para a intervenção na comunidade;
  • Identificar novos contextos, desafios, oportunidades e riscos na intervenção comunitária;
  • Classificar os processos de subjugação e de produção das desigualdades em ordem à não exclusão ou integração social;
  • Aplicar as novas tecnologias de comunicação e registo no diagnóstico, planeamento e intervenção na comunidade;
  • Realizar investigação/ação, desenvolvendo as competências cientificas e profissionais, por forma a analisar os resultados e a planear e implementar intervenções na comunidade de acordo com os mesmos;
  • Integrar a aprendizagem ao longo da vida, para melhor compreensão da dinamização comunitária e intervenção transdisciplinar em contextos sociais diversos.

Acreditação / Avaliação

ISEIT — Ensino Universitário em Viseu

Número de Registo: R / A-Cr 113/2016 | Aguarda Publicação em DR

2 anos / 4 Semestres • 120 Créditos ECTS

 

Acesso a outros ciclos

O grau de Mestre permite a candidatura aos 3.º ciclos de estudos (Doutoramento) nos termos legais respetivos.

 

RAZÕES PARA ESTUDAR SAÚDE E INTERVENÇÃO COMUNITÁRIA

INSTITUTO PIAGET

Doutoramento em Saúde e Intervenção Comunitária

FAZ A TUA PRÉ-CANDIDATURA JÁ!