Objetivos

  • Formar quadros especializados que procuram intervir na área da Educação Especial e especificamente no âmbito das necessidades educativas especiais relacionadas com a baixa visão e cegueira;
  • Permitir aos docentes de todos os níveis de ensino uma formação adequada na área, preconizando o desempenho de funções educativas tendo em vista a intervenção educativa no sentido do desenvolvimento das crianças com baixa visão e/ou cegas;
  • Promover o conhecimento especializado na área das necessidades educativas especiais das crianças cegas e/ou com baixa visão;
  • Promover o conhecimento e o contato direto com necessidades e intervenções reais no âmbito de especialização no Domínio da Visão.

Disponível em

Viseu

Carlota Brazileiro

Carlota Brazileiro

Coordenadora

ISEIT — Ensino Universitário em Viseu

  • 6 meses • 40 Créditos ECTS;
  • Registo de Acreditação para o ano letivo 2021/2022: CCPFC/CFE-3544/21;
  • Regime de formação: e-learning (100% online).

O objetivo principal deste Curso é o desenvolvimento de um conjunto de conhecimentos específicos na área da Baixa Visão e Cegueira de forma a permitir uma apropriação de estratégias, metodologias e práticas de intervenção através do uso de auxiliares técnicos para o desenvolvimento de uma prática interventiva em contextos diferenciados. Os conhecimentos teóricos e práticos que integram este curso visam a promoção do desenvolvimento de uma prática pedagógica facilitadora da inclusão das crianças/alunos com problemáticas no âmbito da visão.

Saídas profissionais

Os detentores do certificado de Pós-Graduação poderão desempenhar funções que exijam conhecimentos e competências, no domínio da baixa visão e cegueira, para intervir eficazmente na inclusão de crianças/jovens com necessidades educativas especiais, através de métodos de comunicação e de materiais pedagógicos específicos, envolvendo a comunidade e as famílias no processo educativo.

O ingresso na carreira: a qualificação confere a habilitação para o exercício da docência na área da educação especial aos docentes que cumpram os requisitos previstos em Decreto-Lei n.º 95/1997, de 23 de abril.

A progressão na carreira: A qualificação em Domínio Baixa Visão e Cegueira confere o reconhecimento de progressão na carreira docente no grupo de recrutamento 930.

UC – 1.º Semestre           CH  ECTS

Avaliação Educacional e Desenvolvimento Curricular

 20 T | 26 TP | 4 OT 4

Inclusão e Diversidade: Sistemas e Modelos

22 T | 14 TP | 4 OT 6

Heurísticas de Intervenção: Domínio da Visão

20 T | 16 PL | 4 OT 7

Intervenção Precoce: Domínio da Visão

20 TP | 16 PL | 4 OT 5

Tecnologias de Apoio: Domínio da Visão

12 T | 24 TP | 4 OT 5

Intervenção Centrada na Família da Criança com Deficiência Visual

12 T | 24 TP | 4 OT 5

Projeto de Investigação e Ação Educativa

20 PL | 20 TC | 10 OT 8

Legenda: T- Teórica; TP- Teóricas/Práticas, PL-Práticas e Laboratório, OT- Orientação Tutorial, TC- Trabalho de Campo, UC – Unidade Curricular, CH Carga Horária, ECTS – Créditos ECTS

Requisitos de acesso

O ingresso na pós-graduação pode ser realizado por detentores do grau de Licenciado, ou equivalente legal, numa das seguintes áreas: Formação de Professores/Educadores, Ciências da Educação ou Ciências Sociais e Humanas.

O Conselho Científico poderá aceitar a admissão à candidatura de detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste curso

Obtenção de Diploma

Para a conclusão da Pós-Graduação em Educação Especial: Domínio da Baixa Visão e Cegueira, o estudante deverá cumprir um plano curricular constituído por 40 créditos ECTS obrigatórios.
A Pós-Graduação em Educação Especial: Domínio da Baixa Visão e Cegueira conferirá as competências necessárias para:

  • Reconhecer o sistema de Educação Especial nos seus aspetos organizacional, legislativo e de sua relação com o sistema regular de ensino;
  • Conhecer as condições de desenvolvimento que podem implicar Necessidades Educativas Especiais e estratégias de prevenção, designadamente no âmbito da baixa visão e cegueira;
  • Dominar metodologias de avaliação e intervenção pedagógica que permitam o desenvolvimento da autonomia e socialização, e facilitem a inclusão escolar e social de alunos com necessidades educativas especiais;
  • Conhecer as perspetivas de avaliação educacional, e as suas formas e instrumentos para alunos com problemas de baixa visão e cegueira;
  • Promover o trabalho cooperativo entre os diferentes profissionais, e diferenciar as suas funções e papéis no contexto do trabalho de equipa no âmbito do processo de avaliação e intervenção relativo a crianças com necessidades educativas especiais;
  • Conhecer formas de intervenção que proporcionem o desenvolvimento de competências de autonomia e socialização, e possibilitem a inclusão de crianças com problemas de baixa visão e cegueira, diferenciando as estratégias consoante o campo de intervenção;
  • Conhecer formas de intervenção centradas na família, no contexto de intervenção educativa para crianças com problemas de baixa visão e cegueira;
  • Dominar metodologias de conceção e avaliação de programas educacionais tendo em conta as características e necessidades educativas de crianças com problemas de baixa visão e cegueira;
  • Conhecer técnicas de aconselhamento e de interação com as famílias e com a comunidade;
  • Participar em projetos de investigação centrados na avaliação e melhoria das práticas educativas.

TENS DÚVIDAS? ENVIA-NOS UMA MENSAGEM!