Objetivos

A pós-graduação tem como objetivo geral contribuir para uma melhoria no conhecimento científico e técnico dos participantes, promovendo o seu desenvolvimento pessoal e profissional nas áreas da saúde ocupacional, organizacional e do trabalho. Formar profissionais especializados que procuram intervir na área da Psicologia da Saúde Ocupacional, especificamente no âmbito das necessidades de Prevenção dos Riscos Psicossociais no Trabalho, relacionados com problemas de stress, gestão emocional, relacionamento, adaptabilidade e promoção da saúde individual e organizacional.

Disponível em

Viseu

UC – 1º Semestre
                CH
ECTS
Recursos Humanos e Comportamento Organizacional
15 T | 10 TP

4

Saúde Ocupacional e Prevenção da Doença
15 T | 10 TP

5

Psicologia da Saúde Ocupacional
20 T | 14 TP | 6 OT

6

Prevenção dos Riscos Psicossociais no Trabalho
10 T | 10 TP | 6 PL | 4 OT

5

Avaliação e Intervenção em Psicologia da Saúde Ocupacional
 14 T | 10 TP | 10 PL | 6 OT
7
Educação e Promoção da Saúde Individual e Organizacional
20 T | 6 PL | 4 OT

5

Projeto de Intervenção em Psicologia da Saúde Ocupacional
6 T | 14 PL | 40 OT

8

Legenda: T- Teórica, SE- Seminário/Estágio, UC- Unidade Curricular, CH- Carga Horária, ECTS- Créditos ECTS

Requisitos de acesso

O ingresso na Pós-Graduação pode ser realizado por detentores de uma graduação de nível superior nas áreas da Psicologia, Medicina do Trabalho, Gestão de Recursos Humanos ou afins.

Poderão ser aceites outras candidaturas de detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido como atestando a capacidade para realização do curso.

Obtenção de Diploma

Para a conclusão da Pós-Graduação em Psicologia da Saúde Ocupacional, o estudante deverá cumprir o plano curricular constituído por 40 créditos ECTS obrigatórios, obtendo assim, um diploma de pós-graduação em Psicologia da Saúde Ocupacional.

A Pós-Graduação em Psicologia da Saúde Ocupacional conferirá as competências necessárias para:

  • Avaliar os determinantes psicossociais no trabalho e seus efeitos na saúde ocupacional;
  • Dominar a área operacional da saúde ocupacional e a prevenção da doença, em diferentes contextos;
  • Intervir no stresse laboral;
  • Realizar processos de avaliação e de intervenção em psicologia da saúde ocupacional;
  • Aplicar estratégias da psicologia clínica e da saúde para promover o coping ocupacional;
  • Intervir na educação e promoção da relação trabalho-família;
  • Orientar estratégias de ação na prevenção e promoção da qualidade de vida no trabalho;
  • Contribuir para o desenvolvimento de políticas de gestão de recursos humanos e da saúde ocupacional, na promoção e desenvolvimento da saúde individual, organizacional e ocupacional, no contexto de trabalho ativo.
  • Domínio de competências para intervir eficazmente nas empresas e organizações com necessidades de prevenção dos Riscos Psicossociais no Trabalho e na Promoção da Saúde Individual, Organizacional e Bem-estar no Trabalho, através de metodologias ativas de ensino, envolvendo estruturas organizacionais, políticas de saúde ocupacional e ambiental, no contexto laboral.

Perfil de saída

Após a conclusão do curso com aproveitamento, os diplomados ficarão aptos a exercer a sua atividade profissional nas seguintes áreas, serviços ou entidades:

  • Laboratórios de Psicologia da Saúde Ocupacional;
  • Serviços Públicos da Administração Central, Regional ou Local;
  • Centros de Saúde;
  • Empresas de Consultoria;
  • Clínicas Públicas e Privadas;
  • Centros de Investigação de Universidades;
  • Serviços de Saúde Ocupacional em Empresas e Instituições Públicas ou Privadas

ISEIT — Ensino Universitário em Viseu

1 semestre • 40 Créditos ECTS

 

A Psicologia da Saúde Ocupacional é uma especialidade avançada da Psicologia, enquadrada na área da Psicologia Social do Trabalho e das Organizações, que procura para além do desenvolvimento dos modelos teóricos, permite conhecer e compreender as principais ferramentas de intervenção na saúde, na prevenção da doença psicológica e na prevenção dos riscos psicossociais no trabalho.

 

Área de estudo

  • Psicologia
  • Saúde Ocupacional

 

Regras de avaliação

A avaliação dos estudantes visa apurar o seu aproveitamento em termos da evolução dos conhecimentos e da aquisição de competências definidos no programa das unidades curriculares.

A avaliação em cada unidade curricular pressupõe métodos e instrumentos adequados aos seus objetivos, características e conteúdos ministrados, sendo realizada de acordo com o Regulamento de Frequência e Avaliação em vigor. Em termos gerais, existem duas modalidades de avaliação: a avaliação contínua em que se avalia toda a prestação do estudante ao longo do semestre/trimestre/ano – participação nas atividades realizadas na unidade curricular, trabalhos individuais e em grupo, provas orais e escritas, entre outros; e a avaliação por exame, a qual avalia apenas a prestação do estudante no exame realizado.

RAZÕES PARA ESTUDAR PSICOLOGIA DA SAÚDE OCUPACIONAL

INSTITUTO PIAGET

A Psicologia da Saúde Ocupacional é uma especialidade avançada da Psicologia, enquadrada na área da Psicologia Social do Trabalho e das Organizações, que procura para além do desenvolvimento dos modelos teóricos, permite conhecer e compreender as principais ferramentas de intervenção na saúde, na prevenção da doença psicológica e na prevenção dos riscos psicossociais no trabalho.

TENS DÚVIDAS? ENVIA-NOS UMA MENSAGEM!