Objetivos

O CTeSP em serviço social e desenvolvimento comunitário visa formar técnicos para elaborar diagnósticos, planear estratégias e intervir em contextos sociais desfavorecidos, na prevenção e na reinserção de disfunções sociais, com especial ênfase em grupos mais vulneráveis a situações de risco e de exclusão social, independentemente da faixa etária. Tem, também, as competências para desempenhar funções de gestão, supervisão e regulação do seu desempenho profissional e do de terceiros.

Available at

Almada / Lisbon

Professora Cláudia Garcia, Coordenadora do CTeSP de Serviço Social e Desenvolvimento Comunitário, do Instituto PIaget de Almada

Cláudia Garcia

Coordeninator
Professional Higher Technical Course of Social Service and Community Development

Vila Nova de Gaia / Oporto

if_9_avatar_2754584

Orquídea Campos

Coordinator
Professional Higher Technical Course of Social Service and Community Development
UC – 1st Year           CH  ECTS
Applied Anthropology  40 P | 10 TP  4
Economy  40 P  10 TP  4
Economic and Social History  50 TP  3
Introduction to Social Work  50 P | 10 TP  7
Justice and Social Welfare  50 P | 10 TP  5
Mathematics  50 TP  4
Social Psychology Basics  40 P | 10 TP  4
Political Organization of Portugal and the European Union  50 TP  3
Portuguese  50 TP  4
General Principles of Law  40 P | 10 TP  3
Contemporary Social Problems  50 TP  4
Social and Community Development Service  50 P | 10 TP  7
General Sociology  50 TP  4
Information and Communication Technologies  50 TP  4
UC – 2nd Year           CH  ECTS
Health Education and Quality of Life  40 P | 10 TP  4
Phase  750 SE  30
Management Institutions and Entrepreneurship  50 P | 10 TP  5
Sociocultural Mediation  50 P | 10 TP  7
Methods and Techniques of Social Research  40 P | 10 TP  5
Technical Sociocultural Animation  50 P | 10 TP  5
Statistical Treatment  50 P | 10 TP  4

UC – Curricular Unit | CH – Workload | ECTS – ECTS Credits | T – Theoretical | PL – Practical and Laboratory | TP – Theoretical/Practical | SE – Seminar/Internship | OT – Tutorial.

Admission requirements

Successful applicants to the Higher Technical Professional Course in Social Service and Community Development should:

  • Hold a secondary education course certificate or a legally equivalent qualification;
  • Have successfully passed course-specific examinations, carried out and designed according to Decree-Law n. 64/2006, dated March 21, 2006, and destined to assess the capacity to attend higher education of candidates aged 23 or more.

In addition, successful applicants to Higher Technical Professional Course Social in Service and Community Development may be the candidates who have successfully concluded all the subjects of the 10th and 11th years of schooling respectively, or of a legally equivalent qualification, and who have, despite the fact that their secondary education lacks conclusion, been considered capable of attending a Higher Technical Professional Course on the grounds of examinations defined and carried out by the higher education entity.

Finally, successful applicants to Higher Technical Professional Course in Social Service and Community Development may be the candidates who hold a Technological Specialization Course Diploma, a Higher Technical Professional Course Diploma, or a Higher Education Course Diploma or Certificate, and intend to proceed to professional requalification.

Obtenção de Diploma

A conclusão do CTeSP em Serviço Social e Desenvolvimento Comunitário confere um Diploma de Técnico Superior Profissional, através de um plano curricular constituído por 120 créditos ECTS obrigatórios.

O CTeSP em Serviço Social e Desenvolvimento Comunitário confere as competências necessárias para:

  • Observar, analisar e interpretar de forma autónoma fenómenos sociais e dinâmicas sociais;
  • Intervir, com autonomia, ao nível do serviço social de casos;
  • Intervir, com autonomia, ao nível do serviço social de grupos;
  • Intervir, com autonomia, ao nível do serviço social comunitário;
  • Intervir, com autonomia, no âmbito da prevenção e reinserção de disfunções sociais;
  • Intervir, com autonomia, ao nível dos grupos mais desfavorecidos e em situação de maior vulnerabilidade à exclusão social seja eles: crianças, jovens, idosos, toxicodependentes, deficientes, doentes, minorias étnicas, ou outros;
  • Coordenar equipas/instituições promotoras de intervenção social em múltiplas vertentes, designadamente na educação, justiça, proteção a crianças e jovens, autarquias, segurança social, habitação, emprego e formação;
  • Gere, supervisiona e regula o seu desempenho profissional e o de terceiros.

Saídas profissionais

Os Técnicos em Serviço Social e Desenvolvimento Comunitário podem desempenhar as seguintes funções:

  • Elaborar diagnósticos sobre as situações-problema de acordo com os contextos específicos;
  • Analisar e definir as situações-problema, juntamente com os intervenientes nas mesmas;
  • Planear estratégias de intervenção adequados à resolução das situações identificadas;
  • Coordenar implementação de planos e estratégias definidos para a resolução dos problemas;
  • Planear estratégias de intervenção que promovam a previnam o surgimento de disfunções sociais;
  • Coordenar implementação de planos e estratégias definidos para a prevenção de disfunções sociais;
  • Gerir relações interpessoais e intergrupais nos diferentes contextos sociais;
  • Coordenar equipas/instituições promotoras de intervenção social em múltiplas vertentes, designadamente na educação, justiça, proteção a crianças e jovens, autarquias, segurança social, habitação, emprego e formação;
  • Trabalhar em equipa e em cooperação com os profissionais na área dos recursos sociais.

Os Técnicos em Serviço Social e Desenvolvimento Comunitário podem desempenhar funções em:

  • Lares;
  • Escolas;
  • Prisões;
  • Unidades de reabilitação;
  • IPSS;
  • Câmaras e Juntas de freguesia;
  • Empresas e instituições que prestem serviços na área social.

Professional title

The qualification provides access conditions to the profession of Técnico in the field of Social Service and Community Development.

Escola Superior de Educação Jean Piaget em Almada

Registo n.º R/Cr 343/2015 – Aguarda Publicação em Diário da República.

Escola Superior de Saúde Jean Piaget em V. N. Gaia

Registo nº R/Cr 65/2014. Publicado em Diário de República pelo Aviso nr 14638/2015, retificado pela

Declaração de Retificação nr 287/2016.

2 Years, 4 Semesters

 

RAZÕES PARA ESTUDAR SERVIÇO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO COMUNITÁRIO

INSTITUTO PIAGET

  • Os Técnicos em Serviço Social e Desenvolvimento Comunitário podem desempenhar as seguintes funções:
  • Elaborar diagnósticos sobre as situações-problema de acordo com os contextos específicos
  • Analisar e definir as situações-problema, juntamente com os intervenientes nas mesmas
  • Planear estratégias de intervenção adequados à resolução das situações identificadas
  • Coordenar implementação de planos e estratégias definidos para a resolução dos problemas
  • Planear estratégias de intervenção que promovam a previnam o surgimento de disfunções sociais
  • Coordenar implementação de planos e estratégias definidos para a prevenção de disfunções sociais
  • Gerir relações interpessoais e intergrupais nos diferentes contextos sociais
  • Coordenar equipas/instituições promotoras de intervenção social em múltiplas vertentes, designadamente na educação, justiça, proteção a crianças e jovens, autarquias, segurança social, habitação, emprego e formação
  • Trabalhar em equipa e em cooperação com os profissionais na área dos recursos sociais

QUESTIONS? SEND US A MESSAGE!