Objetivos

O 1.º ciclo de estudos tem por objetivo conferir aos futuros diplomados uma formação base nas ciências estruturantes da engenharia química e química aplicada e bases sólidas de matemática para adquirirem competências de identificação e resolução de problemas associados com a transformação do crude em produtos transformados para utilização direta em produtos energéticos ou como matéria-prima de novos produtos na indústria petroquímica.

Almada

Paulo Carmelo

Coordenador
Licenciatura em Engenharia de Petróleos

Curso sem candidaturas abertas.
Informação disponível apenas para os estudantes atualmente inscritos.


Escola Superior de Tecnologia e Gestão Jean Piaget

  • Despacho nº 14383/2012, de 6 de novembro.
  • 3 anos / 6 semestres • Total = 180 Créditos ECTS

Acesso a outros ciclos

O grau de Licenciado permite a candidatura a estudos pós-graduados, nos termos legais respetivos.

Área de estudo

Ciências da Engenharia e Tecnologia

Regras de avaliação

A avaliação dos estudantes visa apurar o seu aproveitamento em termos da evolução dos conhecimentos e da aquisição de competências definidos no programa das unidades curriculares.

A avaliação em cada unidade curricular pressupõe métodos e instrumentos adequados aos seus objetivos, características e conteúdos ministrados, sendo realizada de acordo com o Regulamento de Frequência e Avaliação em vigor. Em termos gerais, existem duas modalidades de avaliação: a avaliação contínua em que se avalia toda a prestação do estudante ao longo do semestre/trimestre/ano – participação nas atividades realizadas na unidade curricular, trabalhos individuais e em grupo, provas orais e escritas, entre outros; e a avaliação por exame, a qual avalia apenas a prestação do estudante no exame realizado.

Saídas profissionais

Os diplomados em Engenharia de Petróleos — ramo Refinação podem exercer atividades na indústria petrolífera e petroquímica, nas indústrias de base química, na administração pública, na formação tecnológica de raiz química, e nas atividades ao nível da Investigação / experimentação.

 

Estatuto profissional

Esta licenciatura é um dos cursos superiores que dá acesso à profissão de Engenheiro Técnico no colégio de especialidade de Química e Biológica, nos termos da alínea A) do n.º 1 do artigo 18 e da alínea H) do artigo 117 da Lei N.º 157/2015

1º Ano

UC – 1º Semestre CH  ECTS   UC – 2º Semestre CH  ECTS
Álgebra Linear e Geometria Analítica 30 T | 30 TP 6 Análise Matemática II 35 T | 35 TP 6
Análise Matemática I 35 T | 35 TP 6 Antropossociologia e Trabalho de Campo 20 T | 30 TC 3
Física Geral 30 T | 30 PL 6 Computação e Programação 30 T | 20 PL 5
Inglês Técnico 30 TP 3 Introdução à Engenharia Química 30 T | 30TP 6
Introdução à Química-Física 40 T | 30 PL 6 Princípios de Refinação de Petróleos 30 T | 20 TP 5
Técnicas Fundamentais de Laboratório e Segurança 40 PL 3 Química Inorgânica 30 T | 30 PL 5

2º Ano

UC – 1º Semestre CH  ECTS   UC – 2º Semestre CH  ECTS
Empreendedorismo, Economia Social e Cooperativismo 30 TP 2 Engenharia Química Aplicada II 30 T | 40 PL 6
Engenharia Química Aplicada I 30 T | 40 PL 6 Fenómenos de Transferência II 30 T | 30 TP 5
Fenómenos de Transferência I 30 T | 30 TP 6 Geologia e Exploração de Petróleos 30 T | 20 PL 4
Fundamentos de Termodinâmica Química 30 T | 20 TP 4 Métodos Analíticos 30 T | 30 PL 5
Probabilidades e Estatística 30 T | 20 PL 6 Operações Sólido Fluido 30 T | 30TP 5
Química Orgânica Geral 35 T | 35 PL 6 Reatores Químicos Industriais 30 T | 30 PL 5

3º Ano

UC – 1º Semestre CH  ECTS   UC – 2º Semestre CH  ECTS
Electrotecnia Geral 20 T | 20 TP 4 A Humanidade e o futuro: Paradigmas e Dinâmicas 30 T 2
Epistemologia e Sistema das Ciências 30 T 2 Engenharia de Petróleos Integrada 40 TP | 10 TC 4
Instrumentação e Controlo de Processos 20 T | 30 PL 6 Estágio Curricular (1) 270 SE | 20 OT 14
Processos de Refinação de Petróleos e Petroquímica I 30 T | 30 TP 6 Processos de Refinação de Petróleos e Petroquímica II 30 T | 30 PL 6
Reatores Multifásicos e Catalisadores na Refinação 30 T | 40 TP 6 Projeto Químico (1) 50 TP | 20 SE | 20 OT 14
Simulação e Otimização de Processos 30 T | 30 TP 6 Tecnologia de Materiais 30 T | 20 PL 4

(1) Opcionais: optar por uma unidade.

Legenda: T- Teórica; TP- Teóricas/Práticas, PL- Práticas e Laboratório, TC-trabalho de Campo, SE- Seminário/Estágio, OT – Orientação Tutorial, UC – Unidade Curricular, CH Carga Horária, ECTS – Créditos ECTS

Requisitos de Acesso

O ingresso no ciclo de estudos pode ser realizado através de um dos seguintes concursos/regimes:

Obtenção de Diploma

Para a conclusão do 1.º ciclo de estudos em Engenharia de Petróleos – Ramo Refinação, o estudante cumpriu um plano curricular constituído por 180 créditos ECTS obrigatórios.

O ciclo de estudos forma engenheiros com uma forte base de Química Geral e Industrial, o que lhes permite fácil enquadramento em qualquer tipo de indústria química, e particularmente em Refinação de Petróleos e Petroquímica. Também os habilita a aplicar os conhecimentos adquiridos na resolução de problemas práticos da sua área de intervenção com a consciência da responsabilidade profissional e ética no que concerne os impactos das soluções tomadas.

Assim, os diplomados em Engenharia de Petróleos – Ramo Refinação adquirem as competências específicas para:

  • Descrever e aplicar os princípios básicos e os conceitos que regulam a Engenharia Química;
  • Planear, realizar, explicar e descrever experiências químicas simples;
  • Analisar e resolver problemas usando métodos analíticos, gráficos e numéricos;
  • Descrever e aplicar os princípios básicos da Refinação de Petróleos e Petroquímica;
  • Identificar e utilizar os processos de refinação de petróleos e outros produtos petrolíferos;
  • Descrever os conceitos principais de instrumentação e controlo de processos;
  • Descrever o conceito de sustentabilidade e o impacto das soluções de engenharia no ambiente e na sociedade;
  • Trabalhar em equipas multidisciplinares com responsabilidade ética e profissional;
  • Usar software apropriado e comunicar em inglês escrito e falado;
  • Aprender por si próprio e reconhecer a necessidade da aprendizagem ao longo da vida.

Curso sem candidaturas abertas.
Informação disponível apenas para os estudantes atualmente inscritos.


  • Acreditado
  • Data da Publicação: 26/04/2012

RAZÕES PARA ESTUDAR ENGENHARIA DE PETRÓLEOS

Engenheiro Técnico no colégio de especialidade de Química e Biológica

  • Atividades na Indústria Petrolífera e Petroquímica
  • Indústrias de Base Química
  • Administração Pública
  • Formação Tecnológica de Raiz Química
  • Atividades ao Nível da Investigação/Experimentação

Esta licenciatura é um dos cursos superiores que dá acesso à profissão de Engenheiro Técnico no colégio de especialidade de Química e Biológica,
nos termos da alínea A) do n.º 1 do artigo 18 e da alínea H) do artigo 117 da Lei N.º 157/2015

TENS DÚVIDAS? ENVIA-NOS UMA MENSAGEM!