Pós-graduação e Formação Avançada

Cuidados Intensivos

7 meses

Escola Superior de Saúde Jean Piaget em V. N. Gaia

A pós-graduação em Cuidados Intensivos está incluída na oferta formativa da ESS Jean Piaget/ Vila Nova de Gaia direcionada para profissionais de saúde e de áreas afins, sendo lecionada parte da formação em regime presencial e outra parte em regime a distância.

A pós-Graduação pode ser frequentada isoladamente ou em conjunto com a Pós-Graduação em Intervenção em Situações de Emergência Médica e Catástrofe, possibilitando a realização de duas pós-graduações em áreas complementares, simultaneamente. Deste modo obtém uma certificação dupla, durante o mesmo número de meses em que frequentaria uma pós-graduação.

Objetivos educativos:

O principal objetivo da medicina intensiva passa por curar, tratar ou cuidar de pessoas em risco de vida. O cuidado à pessoa em situação crítica pode ser entendido como um conjunto de conhecimentos, habilidades e competências práticas, fundamentadas em recomendações e algoritmos, estruturadas em boas práticas clínicas que, por sua vez, deverão ser baseadas na melhor evidência científica.

Os doentes em risco de vida ou estado crítico não se encontram exclusivamente em ambiente de cuidados intensivos. Em diversos serviços e enfermarias é possível encontrar, em qualquer altura, doentes em situação vulnerável. Assim, o conhecimento e as competências do profissional de saúde para identificar, alertar e minimizar os problemas que coloquem em risco a vida da pessoa, são saberes transversais do cuidar em saúde, independentemente da área de intervenção.

Pretende-se com esta formação pós-graduada que os estudantes possam atuar de forma segura com doentes críticos, desenvolvam conhecimentos e competências técnicas e de relação interpessoal para melhor cuidar em cenário que envolvam processos complexos de doença critica e/ou falência orgânica.

Perfis de saída:

Ao realizar a Pós-Graduação, os diplomados ficarão aptos para desempenhar funções como enfermeiros em unidades de cuidados intensivos ou outras com doentes críticos, em hospitais ou clinicas, públicas ou privadas.